Paula Almozara

ERRO

Live com a artista
Erro
Em cartaz de 2/abr a 14/mai/2022

O que é o “erro”? Em qualquer dicionário encontramos que o erro é o resultado de uma falta de compreensão ou deficiência no entendimento de um fato ou de um assunto, um engano, uma inexatidão. O erro é tido também como algo que é imperfeito ou que foi malfeito, uma falha, e pode ser igualmente definido como um desvio em relação a uma norma.

 

Essa última definição é a que mais me interessa quando penso no desenvolvimento do meu processo artístico: esse desvio poderia muito bem ser denominado ou caracterizado pela noção de insight, o que permite que vejamos para além daquilo que está programado e determinado. O desejo de controle absoluto do processo torna a construção artística algo dramático e frustrante, se a relação dogmática estiver acima do livre arbítrio estético, pois, de modo consequente, a arte contemporânea nos impele a estar e ser além das fronteiras. Esse pensamento que carrego comigo até hoje me foi exposto pelo artista mexicano Sebastián Romo, que diz trabalhar com a ideia das “regras negativas da fotografia”, ou seja, a película arranhada, a imagem fora de foco, etc., o que potencialmente faz com que possamos operar em outros níveis que não o estritamente técnico, mas sim o essencialmente poético.

 

Paula Almozara

Paula Almozara

Paula Almozara é artista visual dedicando-se às artes impressas, à fotografia e ao audiovisual. É professora-pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Linguagens, Mídia e Arte e da Faculdade de Artes Visuais da PUC-Campinas. Atualmente é professora visitante no Instituto Politécnico de Bragança em Portugal e em julho/2022 iniciará seus estudos de Pós-Doutoramento na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto com pesquisa baseada na noção de “arqueologia tecnológica” nas artes visuais contemporâneas sob supervisão da Profa. Dra. Graciela Machado.